CBD no Desporto – Pode o CBD melhorar a performance desportiva?

Artigo actualizado em Agosto, 2023

Introdução

Se é um entusiasta do mundo do desporto, é provável que já tenha ouvido falar sobre o CBD no desporto e o seu potencial uso para aprimorar o desempenho atlético. O CBD, ou canabidiol, é um composto natural encontrado na planta de cannabis. Embora muitas pessoas associem a cannabis aos efeitos psicoativos do THC, o CBD é diferente. Não causa euforia ou outros estados alterados, tornando-o uma opção interessante para atletas que procuram benefícios sem alterar a sua consciência.

Nos últimos anos, o CBD ganhou destaque como um possível aliado para atletas na sua procura por melhor desempenho. Mas será que esta substância realmente pode contribuir para melhorar o desempenho atlético? 

O desempenho atlético requer resistência, recuperação adequada e foco mental. Atletas de diferentes modalidades estão constantemente a tentar encontrar maneiras de otimizarem a sua performance e alcançarem os seus objetivos. Neste contexto, o CBD tem despertado interesse devido às suas potenciais propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e ansiolíticas, que podem beneficiar atletas em diferentes aspectos do treino e competição.

Ao longo deste artigo, vamos explorar os potenciais benefícios do CBD no desporto para o desempenho atlético, examinar pesquisas científicas relevantes e discutir considerações importantes para atletas interessados em utilizar o CBD como suplemento.

Lembre-se de que as informações fornecidas neste artigo são apenas para fins informativos e não substituem o conselho de um profissional de saúde. Antes de iniciar qualquer suplementação, é sempre recomendável consultar um médico ou nutricionista especializado em desporto para obter orientações personalizadas.

Benefícios do CBD no desporto

Para entender como o CBD pode potencialmente aprimorar a performance desportiva, é importante perceber o que é o CBD e como é que este interage com o nosso corpo. O CBD, ou canabidiol, é um dos muitos compostos encontrados na planta de cannabis. No entanto, diferentemente do THC, o CBD não causa efeitos psicoativos.

O CBD interage com o sistema endocanabinoide do nosso corpo, que desempenha um papel crucial na regulação de várias funções, como sono, dor, inflamação e humor. O sistema endocanabinoide possui recetores que são ativados pelo CBD, desencadeando uma série de respostas fisiológicas.

Quando se trata de desempenho atlético, o CBD no desporto pode ter um impacto positivo em várias áreas:

Gestão da dor e inflamação: Atletas frequentemente enfrentam dores musculares e articulares devido a treinos intensos e lesões. O CBD pode atuar como um analgésico natural, ajudando a reduzir a percepção da dor. Além disso, o CBD também pode ter propriedades anti-inflamatórias, auxiliando na recuperação e reduzindo a inflamação após exercícios intensos.

CBD no deporto para o alivio da dor - HempyRoots

Redução da ansiedade e stress: A ansiedade e o stress podem afetar negativamente o desempenho físico. O CBD pode ter efeitos calmantes e ansiolíticos, ajudando a reduzir a ansiedade pré-competição e melhorando o foco e a concentração durante a atividade desportiva.

Melhor recuperação e sono: O sono de qualidade desempenha um papel fundamental na recuperação muscular e no desempenho atlético. O CBD pode ajudar a melhorar a qualidade do sono, reduzindo a ansiedade e promovendo um estado de relaxamento. Um sono adequado permite que o corpo recupere melhor e esteja pronto para o próximo treino ou competição.

É importante realçar que os efeitos do CBD no desporto podem variar de pessoa para pessoa, e cada indivíduo pode ter uma experiência diferente ao utilizá-lo. Além disso, a dosagem e a forma de consumo de CBD também podem influenciar os resultados obtidos.

Considerações importantes

Quando se trata de usar CBD no desporto para aprimorar o desempenho atlético, é essencial ter em consideração algumas questões importantes. 

Legalidade e regulamentações: Antes de começar a usar CBD no desporto, é importante compreender que podem existir algumas restrições ao seu consumo. Em Portugal, é permitido a venda e consumo de produtos de CBD com concentrações de THC inferiores a 0,2%. No entanto, algumas organizações desportivas podem ter restrições específicas quanto ao uso de CBD

Dosagem e formas de uso: Determinar a dosagem adequada de CBD pode ser um desafio, pois varia de pessoa para pessoa. É recomendável começar com uma dose baixa e aumentar gradualmente, se necessário. Além disso, existem várias formas de consumir CBD, como óleos, flores, cápsulas, cremes e pomadas. Cada forma tem sua própria velocidade de absorção pelo corpo e duração dos efeitos.

Explore os nossos produtos mais vendidos

Consulta de um profissional de saúde: Antes de iniciar o uso de CBD no desporto como atleta, é aconselhável consultar um profissional de saúde, como um médico ou nutricionista especializado em desporto. Eles podem fornecer orientações personalizadas com base no seu historial médico, necessidades específicas e interações com outros medicamentos ou suplementos que possa estar a tomar.

Cada pessoa é única e pode reagir de maneira diferente ao CBD. O que funciona para uma pessoa pode não funcionar da mesma forma para outra. É importante ouvir o seu corpo, observar quaisquer efeitos secundários indesejados e ajustar a dosagem ou forma de consumo, se necessário.

Conclusão

Não há dúvida de que se fala mais de CBD no desporto hoje do que alguma vez se falou. Este artigo é a prova disso mesmo. Há uns anos atrás seria quase impensável pensar em usar a planta de cannábis como suplemento desportivo. Hoje em dia, isto é uma realidade. É um facto que ainda é preciso mais investigação na área, mas a que já foi feita até agora já comprova fortemente os benefícios do CBD, nomeadamente aqueles relacionados com o alívio da dor, redução da inflamação, melhoria do sono e controle da ansiedade.

O CBD interage com o sistema endocanabinoide do nosso corpo, ajudando a regular várias funções, como sono, dor e resposta inflamatória. Essa interação pode contribuir para uma recuperação mais rápida e prepará-lo melhor para treinos e competições.

As informações fornecidas neste artigo são apenas para fins informativos e não substituem o conselho de um profissional de saúde. Se está a pensar a tomar CBD como atleta, é sempre recomendável consultar um médico ou nutricionista especializado em desporto para obter orientações personalizadas.

Referências

Hsiao YT, Yi PL, Li CL, Chang FC. Effect of cannabidiol on sleep disruption induced by the repeated combination tests consisting of open field and elevated plus-maze in rats. Neuropharmacology. 2012 Jan;62(1):373-84. doi: 10.1016/j.neuropharm.2011.08.013. Epub 2011 Aug 16. PMID: 21867717.

Pamplona FA, da Silva LR, Coan AC. Potential Clinical Benefits of CBD-Rich Cannabis Extracts Over Purified CBD in Treatment-Resistant Epilepsy: Observational Data Meta-analysis. Front Neurol. 2018 Sep 12;9:759. doi: 10.3389/fneur.2018.00759. Erratum in: Front Neurol. 2019 Jan 10;9:1050. PMID: 30258398; PMCID: PMC6143706.

Shannon S, Opila-Lehman J. Effectiveness of Cannabidiol Oil for Pediatric Anxiety and Insomnia as Part of Posttraumatic Stress Disorder: A Case Report. Perm J. 2016 Fall;20(4):16-005. doi: 10.7812/TPP/16-005. Epub 2016 Oct 12. PMID: 27768570; PMCID: PMC5101100.

Millar SA, Stone NL, Bellman ZD, Yates AS, England TJ, O’Sullivan SE. A systematic review of cannabidiol dosing in clinical populations. Br J Clin Pharmacol. 2019 Sep;85(9):1888-1900. doi: 10.1111/bcp.14038. Epub 2019 Jul 19. PMID: 31222854; PMCID: PMC6710502.

Millar SA, Stone NL, Yates AS, O’Sullivan SE. A Systematic Review on the Pharmacokinetics of Cannabidiol in Humans. Front Pharmacol. 2018 Nov 26;9:1365. doi: 10.3389/fphar.2018.01365. PMID: 30534073; PMCID: PMC6275223.

https://top-cbd.eu/

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *